O Empretec e as empresas brasileiras

09/09/2017

Lucas Izoton

Em tempos de globalização da economia, em que a oferta de serviços e produtos está cada vez mais acirrada, é preciso que o empresário esteja cada vez mais preparado para encarar as mudanças do mercado e sobreviver a ele. Isso vale para todos os segmentos, que vem passando por dinâmicas transformações.

Uma das formas de se manter competitivo é buscar sempre capacitação e ficar atento aos novos acontecimentos. O Empretec, programa internacional que reúne a ONU, a Agência Brasileira de Cooperação, órgão do Ministério das Relações Exteriores, e o Sebrae, como responsável pela sua execução no Brasil, é um dos caminhos para o sucesso, principalmente dos pequenos negócios.

A figura central do programa é o empreendedor que, ao participar, encontra as condições para aperfeiçoar suas características individuais, que são busca de oportunidades; persistência; correr riscos calculados; exigência da qualidade e eficiência; comprometimento; busca de informações; estabelecimento de metas; planejamento e monitoramento sistêmico; persuasão e rede de contatos; e independência e auto-confiança.

O principal objetivo do Empretec é promover o desenvolvimento das empresas existentes, bem como o surgimento de novas, treinando-as e prestando a assistência técnica necessária ao seu crescimento e viabilização econômica e social, de forma a estimular sua competitividade no mercado.

O projeto Empretec é desenvolvido, basicamente, por um intensivo programa de treinamento, combinando aspectos comportamentais do empreendedor e exercícios práticos que visam o aperfeiçoamento das suas habilidades voltadas para criação e gestão de negócios.

Nos dias de hoje, é importante que um dono de empresa não seja somente um empresário. Ele precisa ser um empreendedor em todos os seus aspectos, ou seja, um profissional que possa, no seu dia-a-dia, ter características que garantam, não só a sua sobrevivência, como também o crescimento de sua empresa.

É importante, ainda, que este profissional se comporte também como um líder. Ele terá que adotar atitudes e dar exemplos para que toda a sua equipe de trabalho possa sonhar o seu sonho, transformá-los em metas e, assim, atingir os objetivos esperados.

Muitos empresários brasileiros e que até mesmo são grandes dirigentes empresariais, já fizeram Empretec. Acredito que os conhecimentos adquiridos por eles, no workshop, ajudaram-nos a desenvolverem os seus negócios. Dificuldades, para participar, todos têm. Mas quando um empreendedor participa do programa, tornando-se um empreteco, aprende a perceber oportunidades onde as pessoas normais vêem dificuldade.

Como se observa, o Empretec é, hoje, o grande programa de estímulo ao empreendedorismo  e capacitação empreendedora que temos em nosso país. Ficamos ainda mais felizes quando verificamos que alguns órgãos do poder público estão participando de forma coletiva desse movimento para transformar o nosso Brasil em uma grande nação empreendedora.

Você, seja um empresário, um dirigente, um profissional liberal ou um trabalhador da iniciativa privada ou pública, que está agora concluindo a leitura desse artigo, um conselho: faça o Empretec, ele certamente poderá ajudar a mudar sua vida.

Todas as notícias