História da Família Izoton no Espírito Santo

03/01/2018

Em 14/02/1879, nascia em pleno inverno europeu, na vila de Zottier, Comuni di Mel, no norte da Itália, o menino Giovanni Batista Isotton, filho do casal de camponeses Giovani Battista Isoton e Maria Zanini.

Por volta de 1881, o casal Giovani Battista e Maria com seus filhos (Giovana, Lucia,  Amabile e o banbino  Giovani Battista com um aninho) na esperança de dias melhores, deixava a Itália embarcando no navio cargueiro a vapor Correlo 3º no Porto de Genova com destino ao Porto de Vitória no Brasil, onde se instalariam no interior do Estado do Espírito Santo nos municípios de Viana e Guarapari.

Na mesma época emigravam também para o Brasil proveniente da Comune de Caravaggio, província de Bérgamo, o casal de italianos, Giovanni Merisio e Elisabeth Sangali acompanhados dos seus filhos Carlo, Pietro, Carolina e  Maria, sendo que o caçula Battista não pode embarcar e acabou ficando com parentes na Itália.

Após a chegada no Brasil nascia no dia 24/10/1882 no interior do Espírito Santo mais uma filha do casal Giovanni e Elisabeth : a menina Magdalena Merísio.

Alguns anos se passaram  e no dia 14 de Maio de 1901 acontecia o casamento do rapaz italiano  Giovanni Isotton na época com 22 anos e a jovem Magdalena Merísio com 18 anos de idade. Era dado inicio a uma união da qual nasceram 11 filhos: João,  Maria, Izabel, Cecília, José, Luiz, Vitalino, Izidoro, David, Helvécio, e Genoveva.

Enquanto vivos, os agricultoresGiovanni e Magdalena com seus filhos moravam em diversas localidades no interior do Espírito Santo como Indendência, Santa Rita e Todos os Santos, fixando residência em Baia Nova.

Em outubro de 1944, em plena Segunda Guerra Mundial, Morria aos 65 anos de Idade, em Baia Nova, Giovanni Battista Isoton, Conhecido como “João Titã, sendo que 15 anos depois em 03 de Outubro e !959, Magdalena Merísio também nos deixava com 76 anos de Idade.

Fonte: http://familiaizoton.blogspot.com.br/2012/01/historia-da-familia-no-espirito-santo.html

Todas as notícias